PUBLICIDADE
Agronegocio
Noticia de: 26 de Novembro de 2017 - 07:10
Justiça acata pedido do MPMS e suspende a cobrança da taxa de lixo nas faturas de água



 
 

 
 

O Juiz de Direito Substituto Diogo de Freitas acatou, em caráter liminar e incidente, a Tutela Provisória de Urgência Antecipada, pleiteada pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio do Promotor de Justiça Wilson Canci Jr., e determinou que o Município de Bataguassu (MS) e a Empresa de Saneamento do Estado suspendam as cobranças da taxa de lixo nas faturas de água.

Trata-se de Ação Civil Pública proposta pelo Promotor de Justiça Wilson Canci Jr. em que alega que o Município de Bataguassu e a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul estão efetuando a cobrança da taxa de lixo atrelada à cobrança do fornecimento de água, sem autorização expressa do consumidor, o que configuraria uma cobrança abusiva e indevida.

Nos autos, o Ministério Público Estadual pede que seja concedida Tutela Provisória para proibir a cobrança conjunta sem código de barras em separado e sem anuência do consumidor, declarando-se abusivas e nulas de pleno direito tais práticas, sob pena de multa diária de R$ 10 mil por cada evento danoso.

Na decisão, o Juiz determina que o Município de Bataguassu e a Empresa de Saneamento do Estado suspendam as cobranças da taxa de lixo nas faturas de água, salvo se houver autorização e a disponibilização gratuita ou opção de bloqueio prévio pelo consumidor ou a possibilidade de pagamento individualizado dos serviços mediante códigos de barra em separado, sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil até o limite de R$ 200 mil, com observância aos artigos 297 do CPC e Art. 11 e 12 da Lei 7.347/85.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
23/02/2018 - 16:28  Corpo de Bombeiros Militar em Coxim, atende ocorrência de ataque de abelhas no Pantanal
23/02/2018 - 16:24  PMA e Polícia Civil de Naviraí realizam operação, autuam quatro infratores e apreendem 118 kg ...
23/02/2018 - 12:04  Equipe de Radiopatrulha do 7º Batalhão PM em Aquidauana prende homem envolvido em homicídio ...
23/02/2018 - 11:42  Informe Energisa
23/02/2018 - 09:01  Polícia Militar prende jovem acusado de atirar em uma mulher durante roubo
23/02/2018 - 08:54  Comandante do 7º Batalhão PM recepciona Governador Reinaldo Azambuja, durante visita às ...
23/02/2018 - 08:51  DOF recupera três motocicletas furtadas em Maracaju
23/02/2018 - 08:40  Direção da UFMS Câmpus de Aquidauana recepcionou os calouros com apresentações administrativas ...
23/02/2018 - 08:36  Juíza do CNJ visita presídios femininos da Capital e destaca atuação do Judiciário de MS
23/02/2018 - 08:26  Fundesporte leva Dia de Lazer em quatro municípios neste fim de semana
23/02/2018 - 08:22  PMA reforça as ações e número de autuações por caça ilegal aumentou em 75% no ano passado
23/02/2018 - 08:20  Reinaldo Azambuja anuncia ajuda emergencial a desabrigados pela chuva em Aquidauana
23/02/2018 - 08:16  Prefeitura de Corumbá monitora área ribeirinha do Pantanal com transbordamento do Rio Paraguai
22/02/2018 - 14:18  Corpo de Bombeiros Militar encerra instrução de manuseio e emprego de armas de porte ...
22/02/2018 - 14:13  DOE publica licitação de mais de R$ 5 milhões para Anastácio e divulga mais investimentos
22/02/2018 - 12:33  Polícia Militar apreende carreta de milho com quase 4 toneladas de maconha escondida
22/02/2018 - 12:28  Centro-Oeste tem o maior número de acessos à internet pelo celular do Brasil
22/02/2018 - 12:25  Rio Aquidauana desce mais de 1 metro e saldo é de 153 pessoas desabrigadas
22/02/2018 - 12:18  NOVAS VAGAS DE EMPREGO PARA ESTA QUINTA-FEIRA
22/02/2018 - 12:15  Rio Aquidauana diminui o nível
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE