PUBLICIDADE
Agronegocio
Noticia de: 16 de Abril de 2018 - 11:50
Impacto com novo mínimo será de mais de R$ 784 milhões nas contas municipais



 
 

 
 

O anúncio do governo federal de que o salário mínimo deve subir para R$ 1.002,00 no próximo ano acende o alerta das contas públicas. O projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2019 encaminhado ao Congresso Nacional propõe aumento nominal de 5,03%, em comparação ao valor atual, de R$ 954,00. Nesta quinta-feira, 12 de abril, os ministros do Planejamento, Esteves Colnago; e da Fazenda, Eduardo Guardia, apresentaram as projeções e os principais pontos da proposta.

Descontada a projeção de inflação feita pelo próprio Executivo para 2018 (INPC de 4%), o aumento real seria de 1%. A expectativa é que o salário mínimo chegue a R$ 1.076,00 em 2020 e a R$ 1.153,00 em 2021. As pastas reconhecem que o novo valor impacta o Orçamento em R$ 16,8 bilhões, já que despesas com benefícios previdenciários e assistenciais estão vinculados ao salário mínimo.

Em âmbito local, a CNM (Confederação Nacional de Municípios) destaca que o aumento provocará um impacto nas folhas de pagamento municipais de mais de R$ 784 milhões para 2018, valor este 70% menor que o causado em 2017. O crescimento de 2019 em relação a 2018 será de R$ 48,00 reais, com um efeito previsto de mais de R$ 2 bilhões para as folhas municipais, enquanto de 2020 em relação a 2019 será de R$ 74,00, resultando em R$ 3.408 bilhões.

Despesas com pessoal

Por um lado, a política de aumento de renda via atualização do salário mínimo, adotado pelo governo federal nos últimos anos, aumenta o poder de compra das pessoas. Não se pode esquecer, porém, que, por outro lado, a medida causa problemas de caixa às prefeituras brasileiras. Ao considerar os efeitos nos indicadores econômicos, é preciso avaliar, portanto, as consequência para as finanças públicas municipais.

Vale lembrar que a maior parte de empregados do país se encontra nos municípios brasileiros. São mais de 3 milhões de funcionários com remuneração vinculada ao salário mínimo. Uma vez estabelecido o aumento, o impacto fiscal ocorre de maneira permanente, pois é vedada qualquer redução nominal de rendimento.

Comparações

A expectativa inicial era de que o salário mínimo fosse de R$ 979,00 em 2018, estimativa reduzida a R$ 969,00 com a revisão da meta fiscal e para R$ 965,00 no PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual) para 2018, aprovado pelo Congresso Nacional. No entanto, o presidente da República Michel Temer fixou o valor em R$ 954,00, o que representa aumento de R$ 17,00, ou 1,81%, em comparação com o ano passado. O reajuste de um ano atrás tornou-se o menor em 24 anos. Com a redução, os Municípios terão uma economia R$ 507 milhões em 2018.

Como estudo da CNM mostra, desde 2003, a política de valorização do salário mínimo acumula um impacto de R$ 38.625 bilhões na folha de pagamento municipal. Esses novos valores conjugam com a política de contingenciamento do Governo Federal para o ano de 2018. É importante lembrar, que por lei, até 2019, a variação no valor do mínimo está vinculada ao crescimento do PIB, dos dois anos anteriores, conjugado com o INPC (Índice Nacional de Preço ao Consumidor), índice semelhante ao IPCA.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
18/11/2018 - 19:30  Mulher é presa em MS com fuzil e 2,5 mil munições; filha de 5 anos estava com ela na caminhonete
18/11/2018 - 19:25  Justiça nega acordo e Reinaldo não pode concluir Aquário sem licitação
18/11/2018 - 19:23  Serralheiro é preso por estuprar menina de 5 anos em vila de quitinetes
18/11/2018 - 19:17  Corpo carbonizado é encontrado dentro de carro em rua de Campo Grande
18/11/2018 - 19:14  Tempestade chegando: instituto emite alerta para 43 cidades de MS
18/11/2018 - 19:10  No Pantanal de MS, presídio dá exemplo de sustentabilidade unindo reciclagem e ressocialização
14/11/2018 - 11:44  Segue para 2° votação projeto que proíbe pesca do dourado em MS
14/11/2018 - 11:30  Calúnia e difamação em rede social geram dano moral a usuário
14/11/2018 - 11:03  MS está entre os finalistas do Prêmio Nacional do Turismo
14/11/2018 - 09:22  Polícia Militar realizará a “Operação Proclamação da República 2018”
14/11/2018 - 09:19  DOF apreende dois veículos com cigarros contrabandeados do Paraguai
14/11/2018 - 09:06  DOF prende homem por Tráfico de Drogas
14/11/2018 - 09:02  Aquidauana cria programa para cidadãos quitarem dívidas municipais com até 90% de desconto
12/11/2018 - 20:29  Boné rosa que aparece em foto ajuda polícia a identificar caminhoneiro que confessou estupro em MS
12/11/2018 - 20:26  Briga por carrinho de compras em supermercado termina com homem perfurado por chave de carro em MS
12/11/2018 - 20:21  Governo assina convênio para 196 casas populares em cidades do interior
12/11/2018 - 20:19  Ex-ministro da Fazenda, Joaquim Levy é confirmado no BNDES
12/11/2018 - 20:04  Caminhoneiro agarra adolescente pelo pescoço em festa e a estupra em matagal
12/11/2018 - 19:44  Equipe do Curso Matemática da UFMS Campus de Aquidauana foi campeã masculina da III Copa Zoo!
12/11/2018 - 19:41  Equipe Aquidauanense foi campeã feminina da III Copa Zootecnia!
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE