PUBLICIDADE
Agronegocio
Noticia de: 03 de Outubro de 2018 - 09:22
Eleitores não podem ser presos a partir desta terça



 
 

Eleitores não podem ser presos a partir desta terça

 
 

Começa a valer nesta terça (2) a regra que proíbe a prisão de eleitores. A proteção vale até as 17h da próxima terça-feira (9), dois dias após a realização do primeiro turno das eleições. A determinação está prevista no Código Eleitoral (Lei 4.737, de 1965).


Durante esse período, a legislação só permite o encarceramento em três situações excepcionais: a primeira em caso de flagrante de crime, quando alguém é surpreendido cometendo uma infração ou acabou de cometê-la. 


De acordo com o Código de Processo Penal, se um eleitor é detido durante perseguição policial ou se é encontrado com armas ou objetos que sugiram participação em um crime recente, também há flagrante delito.


No segundo caso, é permitida a prisão daquele contra quem há sentença criminal condenatória por crime inafiançável: racismo, tortura, tráfico de drogas, crimes hediondos, terrorismo e ação de grupos armados contra a ordem constitucional.


A última exceção é para a autoridade que desobedecer salvo-conduto. Funciona assim: o juiz eleitoral ou o presidente de mesa pode expedir uma ordem específica para proteger o eleitor vítima de violência ou que tenha sido ameaçado em seu direito de votar. 


O documento garante liberdade ao cidadão nos três dias que antecedem e nos dois dias que se seguem ao pleito. A autoridade que desobedecer o salvo-conduto pode ser detida por até cinco dias.


O eleitor preso durante a próxima semana deve ser imediatamente levado à presença de um juiz. Se entender que a detenção é ilegal, o magistrado deve relaxar a prisão e punir o responsável. 


A proteção contra detenções durante o período eleitoral também vale para membros de mesas e fiscais de partidos políticos. Já os candidatos estão sob proteção legal contra prisão desde o dia 22 de setembro, salvo se pegos em flagrante delito.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
18/10/2018 - 17:54  Projeto Educação de Transito
18/10/2018 - 17:50  Promotora de Justiça ministra palestra sobre “o Papel do Ministério Público em defesa da pessoa ...
18/10/2018 - 17:44  Projeto Saladão já vende produtos de pequenos agricultores em bairros da Capital
18/10/2018 - 17:40  Saúde de Aquidauana intensifica atividades para mulheres no Outubro Rosa
18/10/2018 - 17:21  Prefeitura e ONG Abrigo dos Bichos discutem parceria em Aquidauana
17/10/2018 - 12:25  Corpos de duas mulheres são encontrados em meio a lixão na fronteira
17/10/2018 - 12:22  Apesar de crise, orçamento de MS tem previsão de R$ 15,04 bilhões para 2019
17/10/2018 - 12:17  PCC estaria por trás do atentado a Jair Bolsonaro, afirma jornalista
17/10/2018 - 11:50  Ex-alunos da Escola Candido Mariano visitam as instalações do 7º Batalhão PM.
17/10/2018 - 11:39  TJ determina que igreja devolva valor de automóvel doado por fiel
16/10/2018 - 11:15  Curso de Plantas Alimentícias do Cerrado e Pantanal será realizado em outubro
16/10/2018 - 11:09  Leilão do TJMS tem caminhões e carro com lance a partir de R$ 300
16/10/2018 - 11:07  Com blitz, policiamento ostensivo e abordagens, 7º Batalhão PM desenvolve ações preventivas nos ...
16/10/2018 - 11:04  “Operação Padroeira do Brasil” - 7º Batalhão PM realiza operação no feriado prolongado e ...
16/10/2018 - 11:02  7º Batalhão PM em Palmeiras garante a segurança na “Procissão de Barcos no Rio Aquidauana”, ...
16/10/2018 - 10:54  Acidentes nas rodovias estaduais reduzem em 40% no feriado prolongado em comparação a 2017
14/10/2018 - 22:15  Homem reclama de open bar e ao filmar local indignado é agredido por seguranças e expulso de ...
14/10/2018 - 22:11  Suspeito de roubar motorista é preso horas depois após deixar revolver cair da cintura em MS
14/10/2018 - 21:51  Motor de barco estraga no Pantanal de MS e pescadores são resgatados pela Marinha
14/10/2018 - 21:50  Banco na Capital é arrombando e dinheiro de cofre é levado durante madrugada
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE