PUBLICIDADE
Agronegocio
Noticia de: 09 de Agosto de 2018 - 20:39
Fiscais e gestores de contrato são os olhos da sociedade no setor público



 
 

Fiscais e gestores de contrato são os olhos da sociedade no setor público

 
 
Ingressar no serviço público é um dos sonhos de muitos brasileiros. Bons salários, estabilidade e alguns direitos trabalhistas, que não existem na iniciativa privada, são os principais chamarizes para os concurseiros. Contudo, o exercício da função pública têm obrigações que são uma verdadeira forma de participar da administração com o dinheiro arrecadado com os impostos. Assim é a função do fiscal e do gestor de contratos nos órgãos públicos. 

O Poder Judiciário de MS tem cerca de 150 contratos em vigor. Cada contrato pode ter mais de um fiscal, mas alguns servidores têm sob sua responsabilidade mais de um contrato. A função de fiscalizar é prestada na Capital e também no interior e abrange desde contratos de copeiragem, jardinagem até a criação publicitária – todos acompanhados por servidores. 

“Por isso é tão importante a função de fiscal de contrato”, diz Kele Cristina Leite de Melo, Diretora do Controle Interno, setor responsável pela auditoria das contratações do Tribunal de Justiça. Segundo ela, todo servidor público pode ter, como uma de suas atribuições, a designação de fiscalizar um contrato, o que não se confunde com outras atividades como escrutínio eleitoral e a função de jurado no Tribunal do Júri. 

“O serviço de fiscalizar o contrato com empresas é exercido durante o expediente do servidor, não é uma atividade externa. O servidor público também é um cidadão e tem essa nobre missão de fiscalizar o serviço prestado pelas empresas privadas que tem contratos pagos com dinheiro público”, explica Kele, que diz que os fiscais são os olhos da sociedade na gestão dos contratos.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
18/10/2018 - 17:54  Projeto Educação de Transito
18/10/2018 - 17:50  Promotora de Justiça ministra palestra sobre “o Papel do Ministério Público em defesa da pessoa ...
18/10/2018 - 17:44  Projeto Saladão já vende produtos de pequenos agricultores em bairros da Capital
18/10/2018 - 17:40  Saúde de Aquidauana intensifica atividades para mulheres no Outubro Rosa
18/10/2018 - 17:21  Prefeitura e ONG Abrigo dos Bichos discutem parceria em Aquidauana
17/10/2018 - 12:25  Corpos de duas mulheres são encontrados em meio a lixão na fronteira
17/10/2018 - 12:22  Apesar de crise, orçamento de MS tem previsão de R$ 15,04 bilhões para 2019
17/10/2018 - 12:17  PCC estaria por trás do atentado a Jair Bolsonaro, afirma jornalista
17/10/2018 - 11:50  Ex-alunos da Escola Candido Mariano visitam as instalações do 7º Batalhão PM.
17/10/2018 - 11:39  TJ determina que igreja devolva valor de automóvel doado por fiel
16/10/2018 - 11:15  Curso de Plantas Alimentícias do Cerrado e Pantanal será realizado em outubro
16/10/2018 - 11:09  Leilão do TJMS tem caminhões e carro com lance a partir de R$ 300
16/10/2018 - 11:07  Com blitz, policiamento ostensivo e abordagens, 7º Batalhão PM desenvolve ações preventivas nos ...
16/10/2018 - 11:04  “Operação Padroeira do Brasil” - 7º Batalhão PM realiza operação no feriado prolongado e ...
16/10/2018 - 11:02  7º Batalhão PM em Palmeiras garante a segurança na “Procissão de Barcos no Rio Aquidauana”, ...
16/10/2018 - 10:54  Acidentes nas rodovias estaduais reduzem em 40% no feriado prolongado em comparação a 2017
14/10/2018 - 22:15  Homem reclama de open bar e ao filmar local indignado é agredido por seguranças e expulso de ...
14/10/2018 - 22:11  Suspeito de roubar motorista é preso horas depois após deixar revolver cair da cintura em MS
14/10/2018 - 21:51  Motor de barco estraga no Pantanal de MS e pescadores são resgatados pela Marinha
14/10/2018 - 21:50  Banco na Capital é arrombando e dinheiro de cofre é levado durante madrugada
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE